A mulher e a moto

O inventor da moto Harley-Davidson, Arthur Davidson, morreu e foi para o céu.
Ao chegar lá, São Pedro disse-lhe:
– Meu filho, fostes um bom homem e as tuas motos mudaram o mundo, pode fazer um pedido:
Arthur pensou um pouco e disse:
– Quero encontrar-me com Deus!

São Pedro levou Artur até a sala do trono e apresentou-o a Deus.

Deus reconheceu Arthur e disse-lhe:
– Então inventastes a Harley-Davidson?
Arthur respondeu: – É verdade, fui eu ..
Deus comentou:
Não foi uma boa invenção…
É um veículo instável, barulhento e poluidor. Manutenção complicada, alto consumo…

Arthur ficou aborrecido com o comentário e retrucou:
– Desculpe-me, mas não foi o senhor que inventou a mulher?
– Sim, fui eu! – Responde Deus.
– Bem, aqui entre nós, de profissional para profissional, você também não foi nada feliz na sua invenção!
– Há muita inconsistência na suspensão dianteira;
– É muito barulhenta e tagarela em altas velocidades;
– Na maioria dos casos, a suspensão traseira é muito macia e vibra demais;
– A área de lazer está localizada perto demais da área de reciclagem;
– Os custos de manutenção são exorbitantes.

Deus refletiu e respondeu:
– Sim, é verdade que o meu invento tem defeitos, mas de acordo com os dados que levantei, há muito mais homens montados na minha invenção do que na tua…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s