Restaurantes investem nas classes D e E e criam o rodízio de cheiro de comida

FONTE: SENSACIONALISTA | De olho no aumento do poder de compra das classes menos favorecidas, os proprietários de restaurantes criaram uma nova modalidade de serviço: o rodízio de cheiro de comida. Por cerca de R$ 3 por pessoa os mais pobres agora poderão levar a família para um bom restaurante no fim de semana.

“Meus filhos sempre me pediam pra levar eles num rodízio de carne, agora eles nem aguentam mais sentir cheiro de cupim com queijo”, relata José da Silva, frequentador assíduo do rodízio de cheiro de churrasco. A novidade que começou no Rio de Janeiro está ganhando o Brasil, já são diversos restaurantes pelo país oferecendo rodízios de cheiro de pizza, rodízios de cheiro de frutos do mar e até rodízios de cheiro de comida japonesa.

Inspirados pela ideia, algumas casas de massagem já estão oferecendo um serviço semelhante para homens, o rodízio de cheiro de mulher. “O único problema é que alguns deficientes visuais estão confundido o rodízio de mulher com o rodízio de frutos do mar”, declarou  Joseph Pimp  dono da Termas Cheiro de Flor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s