Sobre gordura, vinho e sexo

Sobre a GORDURA

No Japão, são consumidas poucas gorduras e o índice de ataques cardíacos é menor do que na Inglaterra e nos EUA; em compensação, na França se consome muitas gorduras e, ainda assim, o índice de ataques cardíacos é menor do que na Inglaterra e nos EUA;

Sobre o VINHO
Na Índia, se bebe pouco vinho tinto e o índice de ataques cardíacos é menor do que na Inglaterra e nos EUA; em compensação, na Espanha se bebe muito vinho tinto e o índice de ataques cardíacos é menor do que na Inglaterra e nos EUA;

Sobre o SEXO
Na Argélia, se transa muito pouco e o índice de ataques cardíacos é menor do que na Inglaterra e nos EUA; em compensação, no Brasil se transa muuuuuito e o índice de ataques cardíacos é menor do que na Inglaterra e nos EUA;

CONCLUSÃO : Beba, coma e faça sexo sem parar, pois o que mata é falar inglês!

Os 10 filmes que mais ajudam em concursos

A pedido do G1, professor de curso preparatório fez a seleção.Para ele, o filme é um momento de lazer gerador de conhecimento.

Marta Cavallini Do G1, em São Paulo

Alex Mendes, professor de atualidades e conhecimentos gerais da Academia do Concurso, selecionou 10 filmes a pedido do G1 que ele considera importantes para a preparação dos candidatos a concursos públicos por terem relação com assuntos que devem estar em evidência nos exames.

Segundo o professor, o filme é a síntese de um conhecimento, pois consegue resumir em cerca de 1h40 uma gama de informações muito grande. “Os alunos têm uma memória que é muito visual, não conseguem reter conhecimentos apenas com a exposição do professor na aula, por exemplo.Quando ele consegue visualizar o conhecimento que ele leu em algum lugar ou viu em sala de aula ele retém o que é necessário para a prova”, afirma.

De acordo com Mendes, o filme é um momento de lazer gerador de conhecimento. “Não se deve associar o fato de ver o filme com o de não estar estudando”, salienta.

Mendes explica que o filme sedimenta aquilo que o candidato leu ou viu na aula e, assim, ele passa a fazer associações, o que o professor chama de “memória associativa”.

Mendes diz que o examinador quer que o candidato tenha capacidade de relacionar os acontecimentos políticos e econômicos atuais com o que aconteceu no passado. Por isso, os filmes podem ajudar a fazer essa “ponte”.

“Se o aluno não consegue fazer a correlação de fatos ele não consegue acertar a questão”, diz.

Por exemplo, a queda do Muro de Berlim, que completou 20 anos, ajuda a entender o mundo contemporâneo, segundo ele. “Pôs fim a um ciclo de divisão do mundo em duas esferas de influência e os EUA assumiram o papel de líder mundial. Já o governo Bush assumiu um papel unipolar desprezando todos os organismos criados no pós-guerra”, afirma.

Ele indica que o candidato leia ainda sites de notícias, revistas semanais e o “Guia do Estudante Atualidades Vestibular”, que é lançado a cada seis meses e traz sempre os últimos acontecimentos.
Para Mendes, estar bem preparado para a prova de conhecimentos gerais (atualidades) faz diferença na pontuação.

“Quando uma pessoa vai fazer prova para o Banco Central, por exemplo, pressupõe que ela seja relativamente boa em direito, economia, contabilidade. Mas o diferencial não está naquelas disciplinas onde a grande maioria dos candidatos é boa ou espera-se que seja boa. O diferencial está naquela disciplina que as pessoas não dão muita importância”, diz.

Mendes recomenda ainda que o candidato consulte provas anteriores, mas as dadas no último semestre. Como exemplo ele cita os exames da Polícia Federal deste ano. Segundo ele, 5 das 10 questões tratavam sobre o acordo envolvendo os presidentes do Brasil e do Paraguai e Itaipu.

Segundo ele, ao consultar outras provas de atualidades o candidato fica sabendo o que está sendo pedido nos últimos meses nos concursos.

Veja na tabela abaixo a lista de filmes, do que cada um trata e a importância de assisti-los:

Cena de “Guerra ao terror” (Foto: Divulgação)

Guerra ao terror (The Hurt Locker) (2008)

Tema: Guerra do Iraque
Sinopse: A narrativa descreve a ação de um grupo de elite das forças armadas americanas durante a invasão do Iraque. Seguindo a doutrina Bush do ataque preventivo, o país é ocupado com a justificativa de existência de armas químicas, biológicas, nucleares e de patrocínio ao terrorismo internacional. Passados mais de quatro anos, nada foi encontrado. O relato descreve militares completamente alheios à motivação do ataque e à reação da população local.
Temas para o concurso: A chamada “Era Bush” marcou a unipolaridade dos EUA, com temas marcantes em concursos. A partir do filme o aluno deverá estar atento também aos seguintes assuntos: não ratificação do protocolo de Kyoto; nova guerra fria – Bush X Putin; avanço da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) em direção ao Leste Europeu; tentativa de criação do escudo antimíssel contra o “eixo do mal” – Irã, Iraque e Coreia do Norte; obstáculos ao avanço da Rodada Doha da Organização Mundial do Comércio; ocupação do Afeganistão e Iraque sem apoio do Conselho de Segurança da ONU; tentativa de intervenção em processos sucessórios para alçar políticos alinhados com os EUA.

Cena de “Procedimento operacional padrão” (Foto: Divulgação)

Procedimento operacional padrão (Standard Operation Procedure) (2008)
Tema: Luta contra terror
Sinopse: A ocupação americana no Iraque e a existência da prisão da base de Guantánamo em Cuba levaram à descoberta dos métodos considerados “aceitáveis” de tortura física e psicológica para a extração de informação dos prisioneiros. O documentário revela que os procedimentos não eram práticas isoladas, mas torturas sistemáticas, organizadas e autorizadas pela cúpula militar e da CIA na luta contra o terror.
Temas para o concurso: A luta contra o terror leva os EUA ao contraponto dos direitos humanos. Mas o concursando deverá estar atento às seguintes questões que poderão ser objeto de abordagem em concursos: a crescente xenofobia contra islâmicos; o processo de manutenção de práticas inaceitáveis de extração de informações por parte das forças de segurança dos estados; a existência da prisão da base de Guantánamo e a intenção do presidente Barack Obama de fechá-la – inicialmente no final de 2009 e agora até 2010; a existência do terrorismo da Al-Qaeda; a presença militar americana no Caribe como parte da doutrina Monroe (a América para os americanos), lembrando que os EUA não são signatários do Tribunal Penal Internacional e não há propostas para o fechamento da base, só da prisão.

Cena de “Promessas de um novo mundo” (Foto: Divulgação)

Promessas de um novo mundo (Promises) (2001)
Tema: Conflito árabe-israelense
Sinopse: O documentário mostra uma série de entrevistas com jovens árabes/islâmicos e judeus em vários momentos de suas vidas sobre os conflitos entre árabes e israelenses. Mostram o ódio ancestral, a rivalidade territorial, as condições de vida de cada um dos povos e as perspectivas de paz para a região.
Temas para o concurso: O tema é atualíssimo para concursos, uma vez que o Estado de Israel completou 50 anos em 2008. Com a ascensão de Barack Obama ao governo dos EUA e de Benjamin Netanyahu como primeiro-ministro de Israel, conservador do Partido Likud, o processo de paz para a região ganha um novo capítulo ainda em formação. O aluno deverá estar atento aos temas recentes: a autonomia da Faixa de Gaza; a vitória do Hammas nas eleições de 2007; o ataque israelense no final de 2008; a eleição de Benjamin Netanyahu e a recente desistência de Mahmoud Abbas, líder do Fatah, de participar das eleições para a presidência da ANP (Autoridade Nacional Palestina). Assuntos a serem dominados pelos concursando: Faixa de Gaza e Cisjordânia formando um possível Estado Palestino (árabe/islâmico); a questão dos assentamentos judaicos na Cisjordânia; a divisão de Jerusalém; a presença dos grupos radicais islâmicos (Hammas, Hezbollah, Jihad islâmica e mártires de Al-Aqsa); a questão dos refugiados dos conflitos árabe-israelenses; a posse dos recursos hídricos.

Cena de “Hotel Ruanda” (Foto: Divulgação)

Hotel Ruanda (Hotel Rwanda) (2004)
Tema: Conflitos africanos
Sinopse: A África vem sendo considerado o continente abandonado. Dividido entre em potências europeias desde a Conferência de Berlim (1884/5), vem sendo vítima de conflitos étnicos, territoriais, religiosos e tribais. De maneira geral é uma porção do globo relativamente excluído da globalização e que convive com uma pandemia de aids. O filme relata o conflito étnico em Ruanda em que membros da etnia hutu em apenas 100 dias massacrou um milhão de tutsis. Imprescindível para compreensão do drama africano.
Temas para o concurso: A África, em especial, a subsaariana, vem sendo explorada em concursos como exemplo do continente abandonado. Aqui temos que ter atenção especial aos seguintes temas: pandemia de aids; fome crônica (causas e consequências); conflitos étnicos, políticos, tribais e religiosos, como exemplo, a situação em Darfur no Sudão, onde membros do grupo religioso islâmico perseguem e massacram aqueles que não são adeptos de seu credo; o processo de exclusão da globalização. Além disso, a próxima Copa do Mundo será realizada na África do Sul e assim o continente estará em evidência.

Cena de “A guerra contra a democracia” (Foto: Divulgação)

A Guerra contra a democracia (The war on democracy) (2007)
Tema: Democracia e intervenções americanas
Sinopse: Nesse documentário, John Pilger mostra a perseguição histórica dos Estados Unidos, não pela democracia, mas contra ela. Viajando para vários países (Guatemala, Nicarágua, El Salvador, Chile, Bolívia, Venezuela), John Pilger mostra as repetidas vezes na história do continente onde os EUA usaram as armas para suplantar governos democraticamente eleitos.
Temas para o concurso: A democracia tão apregoada pelos EUA ao longo de sua trajetória histórica é confrontada com suas intervenções internacionais onde o aluno deverá estar sobretudo atento à reativação da quarta frota para a área do Caribe e Atlântico Sul, coincidindo com os seguintes aspectos: chegada ao poder de governantes de esquerda na América do Sul, reaparelhamento militar da Venezuela, antiamericanismo crescente na América, descoberta do pré-sal pelo Brasil, renovação do contrato de combate ao narcotráfico denominado Operação Colômbia e a crise em Honduras.

Cena de “Território restrito” (Foto: Divulgação)

Território restrito (Crossing Over) (2009)
Tema: Xenofobia
Sinopse: O filme aborda o drama de imigrantes ilegais, de diferentes nacionalidades, para sobreviver em Los Angeles e permanecer legalmente nos Estados Unidos. O longa retrata o processo de obter o green card, a documentação falsa, as suspeitas de terrorismos e o choque entre as culturas.
Temas para o concurso: A política migratória dos EUA e da Europa passa por uma grande transformação após o 1º choque do petróleo em 1973. Diante da crise econômica provocada pelo aumento do preço do barril da commoditie, a política tornou-se restritiva e altamente xenófoba. A situação se agrava após o 11 de setembro (ataque aos EUA pela Al-Qaeda) e dos ataques à Espanha (estação Atocha) e Inglaterra. Crescem o ultranacionalismo, o neofacisno e o neonazismo, que dessa vez abrange os africanos, asiáticos (com exceção dos japoneses), latinos, judeus, ciganos do Leste Europeu, islâmicos e homossexuais. No caso dos brasileiros há os casos de deportação seguidos em 2008, quando a Espanha encontrava-se em processo de eleição legislativa.

Encontro com Milton Santos (Foto: Divulgação)

Encontro com Milton Santos ou O mundo global visto do lado de cá (2006)
Tema:
Globalização
Sinopse: O documentário do cineasta brasileiro Silvio Tendler discute os problemas da globalização sob a perspectiva das periferias. O filme é conduzido por uma entrevista com o geógrafo e intelectual baiano Milton Santos (1926–2001), gravada quatro meses antes de sua morte. Considerado um dos maiores pensadores brasileiros do século XX, Milton Santos não era contra a globalização e sim contra o modelo de globalização vigente no mundo, que ele chamava de “globalitarismo”. Analisando as contradições e os paradoxos desse modelo econômico e cultural, Milton enxergou a possibilidade de construção de uma outra realidade, mais justa e mais humana.
Temas para o concurso: A globalização tem sido recorrente como tema em concursos devido à diversidade de sua abrangência. Por isso os alunos devem estar conscientes da sua importância cultural: forte influência da potência dominante (EUA) em setores como música, cinema, artes, língua, folclore, hábitos alimentares, consumo. No campo político a tendência pós-guerra, a multilateralidade com a criação da ONU, FMI, Bird, BID, OMC, FAO, Otan, Tribunal Penal Internacional. No campo econômico a tendência à desconcentração espacial da produção, as fusões, aquisições, formação de conglomerados e megablocos, a crise econômica mundial (2008/2009).

Capitalismo: Uma História de Amor (Foto: Divulgação)

Capitalismo: Uma história de amor (Capitalism: a love story) (2009)
Tema: Crise econômica mundial (2008/2009)
Sinopse: Novo trabalho do cineasta, documentarista e escritor norte-americano Michael Moore, vencedor do Oscar de melhor documentário em 2002 por “Tiros em Columbine”. No longa, o diretor busca compreender a origem da crise financeira mundial. Com seu olhar cômico, também irá explorar os aspectos econômicos e políticos “desonestos” nos Estados Unidos, que culminaram no que descreveu como “o maior roubo da história desse país”, que foi a maciça transferência de dinheiro dos contribuintes para instituições financeiras privadas.
Temas para o concurso: A crise tem origem no mercado sub-prime dos EUA (de clientes com alto risco de inadimplência), que com o aumento dos juros pelo FED para conter a inflação, começa a ficar inadimplente. Isso provoca a quebradeira do setor imobiliário e dos bancos de investimentos, o que ocasiona perdas incalculáveis a todo o setor financeiro. Entre elas redução do crédito, aumento dos juros, encurtamento dos prazos de pagamento para o setor produtivo e consumidores, atingindo a economia como um todo. Entender a gênese da crise, seu desdobramento, a teoria neoliberal vigente até então, as soluções adotadas pelos estados, o papel dos organismos multilaterais e as consequências finais são fundamentais para o concursando.

Che 2 – A Guerrilha (Foto: Divulgação)

Che 2 – A Guerrilha (Che: Part Two) (2008)
Tema: Revolução Cubana – América Latina
Sinopse: Após a Revolução Cubana, Che está no auge de sua fama e poder. Então ele desapareceu, ressurgindo incógnito na Bolívia, onde organiza um pequeno grupo de camaradas cubanos e recrutas bolivianos para começar a grande revolução latino-americana. A história da campanha boliviana de Che é um conto de tenacidade, sacrifício, idealismo e de arte de guerrilha que, no fim das contas, falhou, resultando na morte dele.
Temas para o concurso: Ao lembrar dos 20 anos da queda do muro de Berlim é importante se deter nos movimentos surgidos na América Latina durante a vigência da Guerra Fria (1945-1991): revolução cubana, a crise dos mísseis, o embargo a Cuba, o idealismo de Che, a tentativa de expansão da ideologia socialista, o fim da URSS e as dificuldades enfrentadas pelo regime de Fidel e Raúl Castro no momento atual (aliança com a Venezuela, manutenção do embargo comercial pelos EUA, autoexclusão da globalização).

Home – um filme de Yann Arthus-Bertrand (Foto: Divulgação)

Home, um filme de Yann Arthus-Bertrand (2009)
Tema: Meio Ambiente
Sinopse: Em algumas poucas décadas, a humanidade interferiu no equilíbrio estabelecido no planeta há aproximadamente quatro bilhões de anos de evolução. O preço a pagar é alto, mas é tarde demais para ser pessimista. A humanidade tem somente dez anos para reverter essa situação, observar atentamente à extensão da destruição das riquezas da Terra e considerar mudanças em seus padrões de consumo. Ao longo de uma sequência através de 54 países, toda filmada dos céus, Yann Arthus-Bertrand divide sua admiração e preocupação e finca a pedra fundamental para mostrar que, juntos, precisamos reconstruí-lo.
Temas para o concurso: O objetivo é tomar ciência dos problemas ambientais globais (agravamento do efeito estufa, “buraco” na camada de ozônio) e locais (desmatamento, contaminação das águas, “ilha” de calor, etc.) e das tentativas de contenção dos seus efeitos: Protocolo de Kyoto e a conferência da ONU em Copenhague. O assunto vem ganhando destaque em concursos, devido à sua relevância para a sobrevivência do planeta em médio e longo prazo e também por suas consequências imediatas que envolvem o aumento dos eventos climáticos agudos como furacões, desertificação, entre outros.
FONTE: G1.COM

Perguntas Infâmes

Fui à loja comprar veneno para ratos.
– Tem veneno para ratos?
– Sim! Vai levar?
– Não, vou trazer os ratos pra comerem aqui!!!

Estou abraçado à minha acompanhante e entramos num bar romântico. O garçon
perguntou:
– Mesa para dois?
– Não, mesa para quatro, duas cadeiras são pra apoiar os pés!

Estou a fumar um cigarro.
Um amigo pergunta:
– Ora, ora! Mas tu fumas?
– Não, eu gosto de bronzear os pulmões.

Estou com uma vara de pesca na mão, linha na água, sentado na beira do rio. Um indíviduo pergunta:
– Aqui há peixe?
– Não!!! Não aqui há cavalo, coelho, macaco, leão …, Peixe costuma haver lá no mato…

Mulher (Ao marido chegando em casa todo molhado)
– Está chovendo?
Marido
– Não, é que todo mundo na rua resolveu cuspir em mim.

Repórter de TV (para senhora subindo escadaria da igreja de
joelhos)
– A senhora está pagando promessa?
Senhora
– Não, é que eu sou muito alta, então eu ando assim pra não
chamar a atenção.

Dona de Casa (abrindo a porta para o convidado)
– Oi, você veio?
Convidado
– Não, não sou eu, é outro.

Namorada (recebendo Flores)
– São flores?
Namorado
– Não, são cenouras.

O sujeito no caixa do cinema. Pergunta:
– Quer uma entrada?
– Não, quero uma saída.

Você está puxando uma planta, tentando arrancá-la, quando alguém pergunta:
– Está tentando arrancar a planta?
– Não! Estou brincando de cabo de guerra com um chinês!

A esposa pergunta:
– Posso pôr a comida no prato?
– Não. Joga no chão e vem puxando com o rodo!

Atendente do banco diz ao cliente (por telefone)
– O senhor precisará comparecer na agencia em que a conta foi aberta
– Comparecer pessoalmente ?
– Não, se quiser o senhor pode comaparecer por e-mail

As 25 perguntas que são a maior roubada

1 Amor, você acha que eu estou gorda?

2 Vamos tomar só mais uma?

3 Deseja excluir permanentemente a mensagem?

4 Caiu?

5 Quer casar comigo?

6 Posso contar rapidinho o meu problema?

7 Promete ser fiel?

8 Lembra de mim?

9 Você sabe com quem está falando?

10 Essa é sua filha?

11 Amor, onde você está?

12 Me empresta 50 centavos?

13 Isso já te aconteceu antes?

14 Será que cabe?

15 Promete ser fiel?

16 Aí, primo, vamos abrir um negócio juntos?

17 Você veio?

18 Ai, mano, que time você torce?

19 Amor, você conhece ela de onde?

20 Você está me expulsando?

21 Vocês aceitam cheque?

22 Amor, você vai comprar tudo isso?

23 Posso colocar só uma pontinha?

24 Eu te conheço?

25 Trouxe o que eu te pedi?

do Quero Rir de Théo Bing

Comissão autoriza exames de suficiência para obtenção de registro profissional

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou, na quarta-feira (28), a realização de exame de suficiência (teste composto por disciplinas obrigatórias presentes nos currículos de graduação) como requisito para a obtenção de registro profissional.

A medida está prevista no Projeto de Lei 559/07, do deputado Joaquim Beltrão (PMDB-AL), que autoriza os conselhos federais das diversas áreas a exigirem tal exame, como já é feito pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A decisão de tornar o exame obrigatório ou não caberá, de acordo com o texto, a cada conselho profissional.

O relator, deputado Roberto Santiago (PV-SP), defendeu a aprovação da proposta e ressaltou a importância da avaliação de suficiência como forma de aferir se o profissional recém-saído da faculdade está capacitado a ingressar no mercado de trabalho. “É mais um meio de impedir o mau profissional de exercer a atividade, beneficiando, em consequência, toda a população que necessite de seus serviços”, disse.

Santiago lembrou que recentemente o Superior Tribunal de Justiça (STJ) decretou a ilegalidade de atos dos conselhos federais de Contabilidade e de Medicina Veterinária, que instituíram os exames de suficiência por meio de resoluções. “O entendimento do STJ é que só uma lei – como ocorre no caso da OAB – pode criar restrições ao exercício das profissões”, explicou. Segundo o relator, a nova legislação acabará de vez com questionamentos dessa espécie.

Tramitação
O projeto, que tem caráter conclusivo, ainda será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

Íntegra da proposta:

– PL-559/2007

Homem do futuro é preso

Não boto fé nisso…

foto do LHC

Uma notícia gringa diz que um homem foi encontrado dentro do LHC e afirmava ser do futuro. Eloi Cole, um homem vestido com roupas estranhas disse que viajou para trás no tempo e está aqui para prevenir que o LHC destrua o mundo. A polícia disse que Cole não quis revelar seu país de origem. Ele foi levado para um Instituto Psiquiátrico em Genebra, mas ele desapareceu de seu quarto. A polícia não quer dar maiores explicações sobre o caso.

Fonte: Chongas

Pesquisas proibidas do Google

O google esconde vários mistérios chocantes, abaixo algumas palavras chaves que você nunca deve digitar no buscador, ou caso contrário irá se arrepender.

1º. This is not sexy – e clicar “Estou com sorte”
2º. 2 Girls and 1 cup
3º. GlassAss.com – e clicar “Estou com sorte”
4º. Muito nojento – em Imagens do google
5º. Large anus – em Imagens do google
6º. Goatse – em Imagens do google
7º. Lemonparty – e clicar “Estou com sorte”
8º. Fisting – em Imagens do google
9º. Gypsy 100 – em Imagens do google
10º. Motumbo – em Imagens do google

Lula é o cara… denovo!

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva é a pessoa mais influente do mundo, segundo a revista “Time”, que publicou hoje a lista que inclui também o ex-líder americano Bill Clinton e a cantora Lady Gaga.

A sétima lista anual da publicação das 100 pessoas mais influentes do mundo, divulgada hoje no site da revista que chega às bancas nesta sexta-feira, coloca o presidente Lula, de 64 anos, no topo dos líderes mundiais.

“Lula é um autêntico filho da classe trabalhadora latino-americana, que esteve preso uma vez por liderar uma greve”, afirma o cineasta Michael Moore, que se encarregou de elaborar um perfil do presidente para a revista em que destaca as conquistas de Lula para levar o seu país “ao Primeiro Mundo”.

Depois do governante, vem o presidente da empresa de computadores pessoais Acer, J.T. Wang, e o chefe do Estado-Maior Conjunto dos Estados Unidos, o almirante Mike Mullen, o presidente americano, Barack Obama (que ocupa o quarto lugar) e a presidente da Câmara de Representantes dos EUA, Nancy Pelosi.

Entre os líderes em destaque também estão a ex- governadora do Alasca e ex-candidata republicana à Vice-Presidência, Sarah Palin; o diretor do Fundo Monetário Internacional (FMI), Dominique Strauss-Kahn; os primeiros-ministros japonês e palestino, Yukio Hatoyama e Salam Fayyad, e o chefe do Governo da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.

A “Time” escolheu o ex-presidente Clinton, de 63 anos, como líder da seção da lista dedicada aos “heróis” por seu trabalho como enviado das Nações Unidas ao Haiti, como lembra o cantor irlandês da banda U2, Bono Vox, no perfil que escreveu sobre o ex-governante para a revista e onde assegura que “sem ele, o universo não seria tão amigável para os humanos”.

Nessa seção também estão a sul-coreana Kim Yu-na, que este ano conseguiu o primeiro ouro em patinação artística para seu país em Vancouver; o opositor iraniano Mir Hussein Musavi, e o ator Ben Stiller por seu trabalho na reconstrução de escolas no Haiti, assim como os desportistas Didier Drogba e Serena Williams, entre outros.

Entre os artistas e celebridades a revista destaca o domínio da nova-iorquina Lady Gaga, que aos 24 anos conseguiu inúmeros sucessos mundiais com seu primeiro trabalho e com uma aparições surpreendentes.

“O trabalho de um artista é retratar – seja através de palavras ou sons, letras ou música- como é estar vivo em seu tempo. A arte de Lady Gaga captura o período que vivemos”, afirma a cantora Cindy Lauper para a Time no artigo em que destaca a “admiração” que sente pela jovem artista.

Abaixo dela, a Time colocou o humorista televisivo Conan O’Brien, que voltará em breve à televisão após abandonar a “NBC”, a cineasta Kathryn Bigelow, que se tornou a primeira mulher a ganhar um Oscar de melhor direção por seu filme “Guerra ao Terror”.

Oprah Winfrey também está entre os escolhidos deste ano, assim como o diretor de “Avatar”, James Cameron, a atriz Sandra Bullock, os britânicos Ricky Gervais e Robert Pattinson, os cantores Elton John e Prince e o costureiro Marc Jacobs, diretor criativo da empresa francesa Louis Vuitton.

Além disso também aparecem a cantora Taylor Swift, os atores Ashton Kutcher e Neil Patrick Harris, assim como o produtor e popular juiz do programa de talentos “American Idol”, Simon Cowell.

Também fazem parte da lista da revista “Time”, já na categoria “pensadores”, a prestigiosa arquiteta anglo-iraquiana Zaha Hadid, o executivo-chefe da Apple, Steve Jobs e o ex-presidente do Federal Reserve e agora assessor presidencial em matéria econômica, Paul Volcker, entre outros.

Fecha essa categoria a juíza americana de origem porto-riquenha Sonia Sotomayor, de 55 anos, que foi escolhida por Obama no ano passado para ocupar um posto na Suprema Corte se transformando assim na primeira mulher hispana a chegar o tribunal.

A revista “Time” também inclui uma análise de quem de sua lista são os mais influentes na internet, através de uma análise do número de seguidores e de conexões que essas pessoas acumulam nas redes sociais Facebook e Twitter.

Segundo essa análise, Barack Obama e Lady Gaga, seguidos do ator Ashton Kutcher, da cantora Taylor Swift e da apresentadora Oprah Winfrey dominam o manejo dessas ferramentas eletrônicas.

VOU VOTAR NO LULA NAS PROXIMAS ELEIÇÕES… 😉

Ferrari faz propaganda de cigarros através de mensagem subliminar

Médicos britânicos pediram investigação para esclarecer a suposta publicidade subliminar que estaria sendo feita pela Ferrari em seus carros e uniformes para promover a marca de cigarros Marlboro, o que é proibido pela legislação europeia, que não permite propaganda de tabaco em eventos esportivos.

Segundo a edição desta quinta-feira do jornal britânico “The Times”, conceituados médicos pediram a intervenção governamental para investigar o caso.

De acordo com a acusação, a Ferrari tem usado as cores vermelho, branco e preto em seus carros e nos macacões dos pilotos, que trazem uma faixa horizontal branca na altura do peito, para “lembrar” uma embalagem da famosa marca de cigarros.

O jornal lembra que, na quarta-feira, um porta-voz da Comissão Europeia de Saúde Pública destacou que a equipe poderia estar realizando marketing subliminar em prol da empresa.

O porta-voz convocou os Governos da Espanha e do Reino Unido (que recebem os dois próximos Grandes Prêmios da temporada) para esclarecer a situação.

A acusação ganhou força quando John Britton, membro do Royal College Of Physicians (associação nacional de físicos do Reino Unido), destacou ao “The Times”, que a distribuição das cores utilizadas pela Ferrari, assim como o design, “lembram a parte inferior de um pacote de Marlboro”.

“Fiquei muito surpreso quando vi, pois está passando dos limites”, assinalou.

SINTO UMA IMENSA VONTADE DE FUMAR QUANDO O FELIPE MASSA GANHA AS CORRIDAS… 😦

Fla vence no Maracanã alagado

Um jogador a menos desde o primeiro tempo, um campo encharcado e um Corinthians embalado, com Ronaldo e Roberto Carlos em ação. Não faltaram obstáculos, mas o Flamengo se superou e conseguiu uma grande vitória, por 1 a 0, no Maracanã. O time comemorou com entusiasmo a vantagem de jogar pelo empate, quarta-feira que vem, em São Paulo, para avançar às quartas de final da Copa Libertadores.

O vestiário rubro-negro foi marcado pela alegria e a certeza de que a equipe está no caminho certo, depois de uma forte turbulência na semana passada. Na última sexta-feira, o técnico Andrade e dois dirigentes foram demitidos por falta de comando.

“Temos que estar felizes com o resultado. Parabéns aos jogadores. Ele se superaram”, disse o técnico interino Rogério, saudado de pé pela torcida após o apito final. Ex-zagueiro do Flamengo, ele sonha em ser efetivado no cargo. Para tanto, o time precisa eliminar o Corinthians.

Apesar da vitória, o time do Flamengo lamentou a forte chuva que atingiu o Rio, até porque o campo ficou pesado, a bola rolou com dificuldade – muitas vezes parou nas poças d’água -, e a equipe carioca precisava conseguir um bom resultado para atuar com mais tranquilidade no jogo de volta.

RONALDO ANULADO – Para David, também foi fundamental a marcação do Flamengo, que conseguiu parar o principal jogador corintiano. “Graças a Deus conseguimos neutralizar o Ronaldo. Conseguimos impedir que ele fizesse gol. Não deixamos ele livre”, disse o zagueiro, negando que o centroavante não tenha brilhado por causa da forma física. “Não foi o peso ou a forma dele. Estávamos colados nele.”

Além da marcação sobre Ronaldo, David também destacou a conversa entre os jogadores de defesa do Flamengo. “Acho que a comunicação foi muito importante na partida. Espero que a gente possa manter essa comunicação, principalmente no setor defensivo. A gente vive de cobranças e de resultados. E precisamos dessa cobrança entre nós dentro de campo.”

ACHO QUE O PROBLEMA DE PESO DO RONALDO DE RESOLVE COM ELE TROCANDO DE EQUIPE… CAMISAS BRANCAS TENDEM A DEIXAR QUALQUER CIDADÃO MAIS GORDO.

TALVEZ SE O TIMÃO ADOTAR COMO UNIFORME OFICIAL AQUELE COM LISTRAS VERTICAIS O DESEMPENHO DO FENOMENO MELHORE… HAUHAUHAU…