190 Milhões de Vítimas

FONTE: www.190milhoesdevitimas.com.br

Um acidente aéreo pode deixar 190 milhões de vítimas? Em setembro de 2006, um Boeing da Gol caiu após ser atingido por um jato Legacy. O acidente foi causado por uma série de erros dos dois norte-americanos que pilotavam o jato. Os 154 passageiros do Boeing morreram, enquanto os dois americanos permanecem impunes até hoje. As empresas American Airlines e Excel Aire mantêm em atividade os dois pilotos como se nada tivesse acontecido, colocando em risco a vida de todos os passageiros que utilizam seus serviços. Neste site, você vai ver como o acidente foi tratado pelas autoridades. Um descaso que faz com que todos nós, brasileiros, sejamos prejudicados.

Campanha da Santa Casa de São Paulo

O Dicmouer WordPress sempre que pode manda um post politicamente correto. Como a minha maneira estranha, procuro colocar meus pontos de vista aqui e não é segredo pra ninguém minha abominação ao cigarro.

Acredito que não existem nenhum motivo logico que leve qualquer pessoa a fumar e sempre que possivel tiro pra “lok” quem tem esse hábito.

Projeto torna inelegível político que descumprir promessa

Em tramitação na Câmara, o Projeto de Lei Complementar 594/10 torna inelegível por oito anos o político eleito condenado por descumprir promessas de campanha. Segundo o texto, a condenação deverá ser em decisão transitada em julgado ou de órgão colegiado da Justiça Eleitoral – uma condenação em Tribunal Regional Eleitoral (TRE) já será suficiente.

De autoria do deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA), o projeto permite que o processo judicial seja proposto por partido político ou pelo Ministério Público Eleitoral, até um ano após o término do mandato.

Segundo o projeto, a Justiça também poderá cassar o mandato do candidato que, após eleito, adotar política contrária aos seus compromissos de campanha. Nesse caso, a inelegibilidade compreenderá o tempo remanescente em que ele permaneceria no cargo.

O texto ainda torna obrigatória a apresentação de propostas por candidatos ao Legislativo para o registro de candidaturas. Atualmente, a Lei Eleitoral (9.504/97) prevê essa exigência apenas para candidatos ao Executivo – presidente, governadores e prefeitos.

Aleluia afirma que “a maior conquista” para a democracia brasileira será o resgate do debate eleitoral como enfrentamento de ideias e projetos divergentes para o Brasil. “O grande mal da política brasileira em período de eleições é o estelionato eleitoral, e precisamos encontrar meio legal de coibi-lo”, sustenta.

Na opinião do deputado, os votos atribuídos a um candidato em regime democrático expressam o apoio popular a um projeto. E, para ele, “se esse compromisso é rompido, o eleitor foi enganado, e a consequência para o político deve ser a demissão por justa causa”.

Tramitação
O projeto será analisado pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania e pelo Plenário.

Spam em época de eleições

Quando se trata de trazer informação séria nós aqui do DMW bebemos das fontes que consideramos mais confiáveis, ignorando tablóides sensacionalistas e boatos sem fundamentos.

Quando colocamos coisa séria aqui (e eu sei que é raro…) indicamos a origem pra que vc tbém julgue a credibilidade.

Nestas eleições, tenho recebido diversos emails cheio de coisas sem fundamentos… quando é engraçado eu coloco aqui como piada. O problema é que a maioria é enviado como coisa séria.

Queria escrever sobre isso aki mas não encontrava as palavras certas. Pra minha sorte hoje recebi um email (o qual transcrevo abaixo) com as tais “palavras certas” em tom de desabafo:

Amigos, estou indignada com vários e-mails que tenho recebido. A maioria deles vem fazendo acusações contra os atuais candidatos às eleições 2010, sem tomar cuidado de fundamentar tais informações. Os fatos aconteceram quando? onde? como? Essas informações podem ser checadas? De que fonte foram subtraídas? O que me causa estranheza é que as pessoas simplesmente escrevem o que querem, e não tem o cuidado de informar de onde obtiveram tais dados. Todos nós sabemos que qualquer um escreve o que quer na internet. Esses cidadãos deveriam ter discernimento para saber o que é relevante ou não. Outro fato que me assusta é como alguns líderes religiosos também fazem circular esse tipo de e-mail. Pois se eles exercem uma influência gigantesca sobre as pessoas que seguem a mesma fé, deveriam atentar-se mais para enviar-lhes somente o que fosse de total confiança. Aliás, minha opinião é totalmente contra pastores e padres influenciarem no direcionamento dos votos.  Como formadores de opinião, eles tem de ter muito zelo para não serem tendenciosos. Quando fazem isso, para mim, denotam falta de sabedoria ou visam algum interesse com isso. Não estou falando nem de Dilma, nem de Serra. O que eu quero é expressar minha indignação quanto a isso.  Como se minha opinião pudesse ser formada a partir de e-mail de autores desconhecidos.  Receba e-mails, leia, reflita se realmente vale a pena mandar para os seus.

Heloisa Padilha

Sabe o que mais acho engraçado? Eu vivo recebendo fotos da Dilma com metralhadora e tal… claramente na tentativa de manchar sua imagem. Parece que esqueceram que esse mundarel de gente que vai votar nela nem tem internet em casa pra receber estas tonguisses… e que, quem tem internet, no mínimo vai desconfiar daquilo que tá lendo!