Morretes e Antonina estão lindas de novo!

MORRETES E ANTONINA ESTÃO LINDAS DE NOVO!

Mas os filhos dos garçons, das camareiras, cozinheiras, balconistas precisam que seus pais sejam chamados para trabalhar novamente… O TURISTA sumiu. Os restaurantes e pousadas estão vazios, as lojas não vendem nada, o comércio está praticamente parado, restaurante  que  atendia  com 30 funcionários esta trabalhando com 5, local que precisava reservar mesa, atendeu dia 27 domingo o meu grupo pela primeira vez após o incidente das chuvas, com uma cozinheira e uma atendente.

Não  é  pelos  proprietários  que  precisamos  fazer algo, mas pelo cidadão, pelo funcionário que precisa do seu salário novamente.
Enquanto as agências de turismo não voltam a trazer pessoas de fora, VAMOS LÁ!

Una-se  ao  seu clube de BIKE, de MOTO, do FUSCA, do FUTEBOL, da IGREJA, da MELHOR IDADE, do TRABALHO; Chame o seu grupo de amigos e vá VISITAR MORRETES e ANTONINA. Você aposentado, vá durante a semana, vamos assumir o papel de turista.

Porque Santa Felicidade se você pode almoçar em Antonina?

Como arquiteto, vai uma dica: há muito artesanato e artigos para decorar sua casa! Vá até lá e confira; Leroy Merlin não precisa de você!!! Mas o agricultor precisa vender sua farinha, seu melado, sua produção.

Afinal, doações não pagam as contas.

PENSE NISSO, E DIVULGUE ESTA IDEIA!

Reportagem_AriEndler

A tartaruga no poste

Enquanto suturava um ferimento na mão de um velho gari (cortada por um

caco de vidro indevidamente jogado no lixo), o médico e o paciente começaram a conversar sobre o país, o governo e, fatalmente, sobre FHC, sobre o PSDB. O velhinho disse:
– Bom, o senhor sabe, o FHC é como uma tartaruga em cima do poste…
Sem saber o que o gari quis dizer, o médico perguntou o que diabo significava uma tartaruga num poste?
E o gari respondeu:
– É quando o senhor vai indo por uma estradinha e vê um poste. Lá em cima tem uma tartaruga tentando se equilibrar. Isso é uma tartaruga em um poste.
Diante da cara de bobo do médico, o velho acrescentou:
– Você não entende como ela chegou lá;

– Você não acredita que ela esteja lá;

– Você sabe que ela não subiu lá sozinha;

– Você sabe que ela não deveria nem poderia estar lá;

– Você sabe que ela não vai fazer absolutamente nada enquanto estiver lá;

– Você não entende porque a colocaram lá;

– Então, tudo o que temos a fazer é ajudá-la a descer de lá, e providenciar para que nunca mais suba, pois lá em cima definitivamente não é o seu lugar!

CAMPANHA PELO VOTO CONSCIENTE

acesse www.DICMOUER.WORDPRESS.com