Uma nova data para a Páscoa

LONDRES (Reuters Life!) – A Última Ceia ocorreu numa quarta-feira — um dia antes do que se pensava — e a data para a Páscoa agora pode ser modificada, segundo um cientista da Universidade de Cambridge que está buscando resolver as contradições mais persistentes da Bíblia.

Cristãos estabeleceram a última refeição de Jesus na Quinta-feira Santa há séculos, mas graças a uma redescoberta do antigo calendário judaico, o professor Colin Humphreys sugere outra interpretação.

“Eu estava intrigado com as histórias bíblicas sobre a última semana de Jesus, nas quais ninguém consegue encontrar nenhuma menção de quarta-feira. É chamado de um dia perdido”, disse Humphreys à Reuters. “Mas isso parecia ser tão improvável: afinal de contas Jesus era um homem muito ocupado.”

Suas descobertas ajudam a explicar a inconsistência misteriosa entre os Evangelhos de Mateus, Marcos e Lucas, que disseram que a Última Ceia coincidiu com a Páscoa Judaica e o de João, que disse que a refeição ocorreu antes do dia sagrado judaico que comemora o Êxodo do Egito.

A pesquisa de Humphreys sugere que Jesus, Mateus, Marcos e Lucas estavam usando o calendário pré-exílico, do tempo de Moisés e que conta o primeiro dia do mês a partir do final do antigo ciclo lunar, enquanto João estava se referindo ao calendário oficial judaico.

“Foi um erro extremamente curioso para qualquer um fazer porque para o povo judeu, a Páscoa Judaica era uma refeição muito importante”, disse Humphreys, um cientista na área de metalurgia e materiais, e cristão.

Com a ajuda de um astrônomo, Humphreys reconstruiu o calendário pré-exílico e colocou a Páscoa Judaica no ano 33 d.C, amplamente aceito como a data da crucificação de Jesus, na quarta-feira, 1o de abril.

Isto significa que se os cristãos modernos quiserem estabelecer uma data para a Páscoa com base nos cálculos de Humphreys, que ele investiga desde 1983, o Dia da Páscoa seria no primeiro domingo de abril.

UFPR Cursos e Profissões: Uma Feira de Ideias para seu Futuro

FONTE: UFPR / SAIBA MAIS EM www.feiradecursos.ufpr.br

Mais de 50 mil estudantes estão sendo esperados no evento que prossegue até dia 22, domingo, às 18 horas. Será uma oportunidade para que os jovens conversem com graduandos e professores da UFPR e esclareçam dúvidas sobre a profissão que desejam seguir.

CONHECENDO OS LABORATÓRIOS – Uma ação que costuma agradar bastante aos estudantes durante a Feira é o Tour Guiado pelos campi da UFPR. Organizado em colaboração com a Agetur – Núcleo de Estudos Turísticos, o passeio inclui visitas para conhecer de perto alguns dos cursos e laboratórios da universidade. O tour passa por diversos setores e tem saídas programadas às 9 horas e às 14 horas, nos três dias do evento. A duração prevista do passeio é de 2h30.

Há vários roteiros disponíveis e que podem ser escolhidos com antecedência. Os pontos de paradas incluem os cursos de Nutrição, Geologia, Engenharia Florestal, Medicina Veterinária/Hospital Veterinário, Engenharia Cartográfica, Matemática e Matemática Industrial, Turismo, Ciências Sociais, Química, Física, Arquitetura, Engenharia Elétrica, Engenharia Florestal, Zootecnia e Comunicação Social/TV UFPR. Para verificar o roteiro e horário desejado, basta acessar o site da feira.

As visitas são gratuitas, mas precisam ser agendadas com antecedência, pois as vagas nos ônibus são limitadas. O fone para contato é (41) 3360-5128 ou pelo e-mail garbelotti.ray@gmail.com.