A revolta coxinha

tuc

As redes sociais são uma terra dos santinhos. Todos pregam o respeito às leis e o respeito ao próximo com fotos de paisagens, cachorrinhos e tudo mais.
Sempre houve muitas hipocrisia, de modo que é complicado separar o joio do trigo.
Hoje saberemos quem são os hipócritas nessa história. Eles terão a capacidade de sair às ruas num domingo para dizer que a opinião de mais de 54 milhões de pessoas valem menos que a deles. Que uma eleição só é legítima se o candidato deles ganha. Que o processo democrático só vale se for do jeito deles.
É triste ter gastando dois domingos sendo mesário, trabalhando para que a população tivesse o direito de escolher seu representante e, 5 meses depois ou menos, um bando de alienados irem pra rua pensando que estão fazendo um grande favor ao país, se dispondo a ser massa de manobra de gente ainda pior que oq estão hj no poder.
O Brasil ainda tem muito oq evoluir… pena que dias como hoje insistem em se repetir e “resetar” o pouco que evoluímos.

Cantar o hino de costas? Pura bobagem!

Apoio todas essas manifestações enquanto forem apartidárias, ou seja, sem bandeiras de partidos e tal. Contra o sistema pura e simplesmente. Mas, sem querer polemizar, essa história de cantar o hino nacional de costas no jogo do Brasil só pode ser palhaçada.
Quer dizer, se o cidadão aceita pagar uma nota preta pelo ingresso ele está sendo conivente com a roubalheira toda, da mesma forma que o cara que compra CD pirata na esquina financia o tráfico de drogas.
Resumindo, é pura hipocrisia.
Pensem bem, o Castelão (estádio do jogo Brasil e México, alvo da manifestação na hora do hino) tem capacidade para 60 mil pessoas e é praticamente certo que lote. Só com ingressos a Fifa (e somente ela, pq os ingressos foram isentados de impostos) recebe 12 milhões de reais. Isso considerando que cada ingresso custe 200 reais e, sabemos bem, tem muitos por preço maior.
Fora a alimentação dentro do estádio, que além de custarem os olhos da cara, são só de parceiros da Fifa que, adivinhe só, também são isentos de impostos.
Na minha opinião a coisa mais coerente seria simplesmente boicotar tudo isso… não ir nos jogos, não comprar bonequinhos, camisetas…
A melhor coisa seria não dar os lucros que a Fifa e seu parceiros estão esperando do povo brasileiro.

Os vândalos do #mpl

Hoje na Praça Tiradentes houve manifestação do chamado MOVIMENTO PASSE LIVRE aqui em Curitiba. A pergunta que sempre passa pela minha cabeça é: CADÊ OS PAIS DESSAS CRIANÇAS? COMO AS DEIXAM FAZER ARRUAÇA PELA CIDADE LIVREMENTE? Outra coisa… PQ A MÍDIA DÁ TANTA ATENÇÃO PRA ELES? Pior… PQ OS TRATAM COMO ALGO SÉRIO???

Não sou a favor do aumento contínuo da passagem de ônibus nem contra o passe livre. O fato aqui é que esta piazada está destruindo a cidade! Isso mesmo… pichações em muros, viadutos e monumentos com a assinatura do MPL está em toda parte! Basta dar uma passeio pela cidade. Isso quando não acham de quebrar os tubos (os preferidos são o da Rua das Flores e do Passeio Público).

Parece óbvio que são massa de manobra de um grupo político. Aparentemente o mesmo que escreve por aí coisas como “Requião tem Razão”…

Na boa, criançada… voltem pra escola!

.

.

Blog milionário de Maria Bethânia causa polêmica na rede

FONTE_IDGNOW

Maria Bethânia criará um blog dedicado à poesia. E, antes mesmo de o site ir ao ar, já está causando polêmica. O alto montante requerido para o projeto – e o fato de a artista, por ser nacionalmente conhecida, não precisar de incentivo público – chamou a atenção de milhares de usuários. A hashtag #MariaBethania, por exemplo, chegou aos trending topics mundiais.

“Sugeriria fazermos uma campanha tipo: devolva essa p**** Bethania”, afirmou o músico Lobão, via sua conta no Twitter. “Daí essa MPB formada por cadáveres insepultos querendo permanecer no presente contínuo através da chapa branca”,complementou.

Também como forma de protesto, o Blog da Bethânia foi criado. Com o subtítulo “1 milhão de motivos para você acessar” e o suposto patrocínio do MinC e apoio de Ana Buarque – ministra da pasta – o portal tem como template notas de 10, 20 e 100 reais. Além disso, conta com uma única atualização: um vídeo em que o humorista Renato Aragão (Didi) faz uma paródia da cantora.

TÁ INDIGNADO? FAÇA UM VÍDEO…

 

Três anos sem pedreira

No próximo sábado, 19 de março, completam três anos do fechamento da Pedreira Paulo Leminski, e esse fato não pode passar batido. Para marcar a data e lembrar a todos que a Pedreira continua fazendo muita falta a Curitiba, um ato está sendo programado para esse dia, a partir das 11h30.

O protesto acontecerá na própria Pedreira. Haverá até bolo e velinhas, como forma de “celebrar” o terceiro ano sem o melhor espaço de shows de Curitiba.

A Pedreira foi fechada em 19 de março de 2008, quando a Justiça acolheu um pedido de liminar interposto pelo Ministério Público do Paraná. Desde então, dezenas de atrações, nacionais e internacionais, deixaram de passar por Curitiba. À época do fechamento, a cidade ostentava a terceira posição no Brasil como destino de shows internacionais, atrás apenas de São Paulo e Rio de Janeiro.

Com o impedimento legal, os grandes shows na Região Sul do Brasil passaram a acontecer em Florianópolis e Porto Alegre. Além disso, um efeito dominó acabou dificultando também a vinda de shows menores, já que Curitiba perdeu credibilidade perante os produtores nacionais.

Mas a Campanha “A Pedreira É Nossa!” está fazendo a diferença. Falta pouco para a reabertura do espaço. Confira o andamento das ações no site www.apedreiraenossa.com.br.